Dicas Não Revelada do Índice de Força Relativa Ifr9 Mede o Estado de Um Ativo

Ferramenta Que Te Dá o Estado de Sobre Comprado e Sobre Vendido de Um Ativo Veja detalhes

Em 1978, Welles Wilder cria a ferramenta índice de força relativa – Ifr, e foi publicado na commodities magazine. É o famoso SRI (Relative Strength Index é um do indicadores mais popularizado e usado na análise gráfica. Alguns o chamam de oscilador, eu o vejo como “indicador” do estado de um ativo.

Clique para ampliar

ndice-de-Força-Relativa-1 Dicas Não Revelada do Índice de Força Relativa Ifr9 Mede o Estado de Um Ativo

Como o titulo desse artigo diz, ele mede o estado de sobre comprado e sobre vendido de um mercado ou ativo. Mas ele seria indicador ou oscilador?

Na minha visão, os dois termos estão corretos. Ele indica algo que é o estado do ativo ou mercado, assim sendo não deixa de ser um indicador.

Sua escala de oscilação é fixa e vai de 0 a 100, dai vem o nome oscilador. Mas, o mercado dá espaço para ele oscilar entre o patamar de 70 e 30. Muitos usam a configuração de 9 e alguns de 14 e até de 2 períodos. Vamos ver os dois primeiros separadamente.

Continuando a falar do índice de força relativa e dos seus extremos, o mercado estabelece que acima de 70, quase a totalidade de seus usuários consideram estado de sobre comprado. E, abaixo de 30, o ativo ou mercado estaria sobre vendido.

Esses usuários, seguem a risca esse jeito de leitura e esses valores, e operam com esses níveis. Esse descuido com o indicador trás algumas decepção, pois em tendência de alta e de baixa esse indicador não tem o mesmo rendimento.

Ele funciona muito bem em congestão. Nesse tipo de tendência lateral, você pode e deve usá-lo. O seu criador indicou o uso de 14 períodos. Mas, alguém com outra visão, testou e gostou do de 9 períodos. Eles são os mais usados.

Você sabe que quanto menor a configuração mais rápido fica os indicadores, assim sendo numa tendência mais forte o índice de força relativa de 14 vai dar sinais menos falsos.

Aumentando os Extremos de 70 e 30 e Vendo as Divergências

Eu não uso IFR9, e nem de 14 em tendência de alta ou de baixa, mas para aqueles que insistem em usar devem fazer um ajuste nesse indicador. Eleve os extremos para 80 e 20. E, restabeleça que somente acima de 80 seria estado de sobre comprado. E, que somente abaixo de 20 estaria sobre vendido.

Agindo assim você terá menos sinais falsos e não vai ter muitos sustos. O correto é não usar em tendências. Eu gosto de extrair desse indicador as suas divergências.

Divergência ou exaustão são a mesma coisa exemplo; os preços estão subindo e o índice de força relativa está caindo. Essa situação você pode chamar de divergência ou exaustão.

Geralmente, vai ocorrer isto quando os preços subiram bastante e o IFR está acima de 70 ou mesmo 80. Quando esse indicador perder uma dessas linhas seria um sinal de venda.

O oposto também é válido, quando os preços estão caindo e o IFR rompe para cima a linha de 20 ou 30, seria um sinal de compra.

Mas, como já expliquei, em tendência forte isto pode não funcionar. Em tendência eu uso médias móveis e macd. Nesse link você tem um estudo completo de médias móveis.

Porque, que digo que pode não funcionar? Você já ouviu aquela máxima que diz; “Nada caiu tanto que não possa cair ainda mais” ou “Nada está tão caro que não possa ficar ainda mais caro”!

É por isto que pode não funcionar, você compra porque o índice de força relativa está rompendo a linha de 20 ou 30, mas é apenas um suspiro para cair mais e ficar ainda mais barato.

Você vende porque está perdendo a linha de 20 ou 30, mas é apenas um descanso para beber água e prosseguir na alta.

Índice de Força Relativa e Suas Variáveis

Parâmetros do Índice de Força Relativa

Período do IFR – É o número de candles usados para gerar o cálculo do indicador.

Sobre compra – É o valor em que o IFR é considerado sobre comprado. É o mesmo que overbougth

Sobre venda – É valor em que o IFR é considerado sobre vendido. É o mesmo que oversold.

O criador desse indicador (como citei acima), sugeriu que fosse usado o IFR de 14 períodos, mas você pode testar e ver seu gosto 2, 9, 14, 20, 25…quanto maior mais lento o indicador vai ficar e quanto menor mais ligeiro.

Os sinais vão aparecer em qualquer temporal e para qualquer ativo. Porém, na minha visão os sinais mais efetivos vão ocorrer nos temporais diário e semanal. Acima desses dois, vão aparecer sinais sim, mas leva muito tempo.

Como Usar o Índice de Força Relativa – IFR de 9 Períodos

Eu, uso o índice de força relativa para confirmar divergências no macd que me indica tendência.  Na contagem de ondas também fica muito eficiente, pois me ajuda a detectar a quinta onda – final de ciclo.

Nesse final de ciclo temos o topo da onda 3 nos preços e também no IFR9 e macd. A onda 4 arrasta o macd para a região “zero” desse indicador.

No último urra como diz Oliver Velez, a onda 5 dos preços não é acompanhada pelos indicadores; IFR9 e macd – estes fazendo um topo mais baixo que o topo da onda 3. Paulo P. Caldas criador dessa técnica, a chama de “Detector de onda 3”.

Existe várias maneiras de você usar esse indicador IFR9. Uma delas é você marcar a máxima da barra que fez o Ifr de 9 furar a linha de 30 ou 20, agora vá observando quando os preços romperem essa máxima é o sinal da entrada. O estope é a mínima da barra de rompimento – mais abaixo você vai ter o gráfico mostrando detalhes.

Outro jeito, é você observar a queda desse indicador abaixo da linha de 30 ou 20. Enquanto IFR estiver caindo não se faz nada. Assim que uma barra virar o IFR de 9, você marca sua máxima e sua mínima, o rompimento da máxima é a entrada com estope na mínima.

Você dá uma barra em troca de quantas vierem e, escolhe o jeito que deseja gerenciar essa operação. Você pode carregá-la subindo seu estope barra a barra, pode carregar seguindo a média de oito períodos ou carregar com o estope “hilo” Outros jeitos de operar aqui.

Você deve estar se perguntando, mas Dr. Carreira você não vai me passar o jeito que se calcula esse indicador? Não. Não vou. Nosso foco é somente aprender a fazer corretamente sua leitura.

De nada vai lhe adiantar saber como calcular um indicador se não aprender fazer corretamente sua leitura. Isto, vale para preço também.

Exemplos Gráficos

Clique para ampliar

ndice-de-Força-Relativa-2 Dicas Não Revelada do Índice de Força Relativa Ifr9 Mede o Estado de Um Ativo

O gráfico acima do Ibovespa mostra na primeira tela, que os preços estão abaixo de sua linha de tendência de baixa. E, o índice de força relativa, já está perfurando sua linha de tendência. Isto, é um sinal de que os preços vão atrás do indicador.

O Ifr de 9 costuma pullbackar nessa linha de tendência, dando excelente sinal de entrada bem perto do fundo. Na segunda tela você tem o resultado desse padrão que, se chama “Advanced up”.

Clique para ampliar

ndice-de-Força-Relativa-3 Dicas Não Revelada do Índice de Força Relativa Ifr9 Mede o Estado de Um Ativo

Nesse gráfico acima você tem a Usiminas (Usim5) totalmente em tendência de baixa. O Ifr-9 já tinha feito vários fundos ascendentes – isto justificava uma cautela nas vendas.

Como nosso foco é índice de força relativa vamos nos ater somente nele, mas se você for olhar tem vários sinais que fortalece o indicador e o padrão.

Alertas Sinais Falsos

Deixei registrado logo no início desse artigo que essa ferramenta não serve para mercado ou ativo em tendência de alta ou de baixa e principalmente para fortes tendências.

Ela tem maiores resultado em mercado laterais – congestões ou mercado fracos. Em mercados fortes de tendência mais longas, ela vai te colocar em “saia justa” ou seja, situações de estope. Nesse caso de nada vai adiantar elevar o patamar de 70 para 80.

Nessa região de 80, vai aparecer sinais de venda e vai continuar subindo. A mesma situação vai ocorrer nas tendências forte de baixa, vai vazar a região de 20 ajustada, vai dar sinais de compras, porém vai continuar caindo.

Conclusão Final

Caso você insista em usar esse indicador, fique atento à tendência; identifique se ela é de alta, baixa ou está lateral. Caso esteja em tendência de alta, tente avaliar a força desse movimento, se for forte esqueça índice de força relativa – o mesmo é válido para tendência e movimentos de baixa.

Agora, se estiver em congestão, não use indicador de tendência e use o IFR-9.

A calibragem desse indicador nas maiorias das vezes é feita errada. Mudar de 70 para 80 e 30 para 20 vai piorar a situação do indicador. O que eu faria?

Tendência Forte de Alta

Eu, em tendência forte elevaria o nível de 70 para 80 certo? E, o de 30 para 40, sabe por quê? Em tendência forte de alta, na correção você ficaria esperando cair até a região de 20 certo? Mas está errado!

Em tendência fortes de alta as correções são fracas, você já ouviu falar aquela frase “Caiu comprou? Exatamente, os soldados vendedores são poucos e não tem forças para levar os preços até a região de 20. Nível de 40 é o ideal.

Tendência Forte de Baixa

Em fortes tendência de baixa eu também ajustaria do mesmo jeito porém ao inverso. Níveis de 70 eu reduziria para 60, pois os repiques dificilmente vão chegar a 70 e, se chegar a 60 e der venda não podemos nos iludir.

Ai sim eu usaria o nível de 20, você entendeu a diferença? Ela é sutil, mas faz toda a diferença. Veja exemplo no gráfico abaixo;

Clique para ampliar

ndice-de-força-relativa-4 Dicas Não Revelada do Índice de Força Relativa Ifr9 Mede o Estado de Um Ativo

Nunca use somente esse indicador. Ele tem que ser usado associado a outros como; médias, macd, ponto de pivô, hilo e Ts e Fs (topos e fundos).

Essa ferramenta quando bem calibrada para o ativo e temporal usado e associada a outros indicadores, pode se tornar aliada do sucesso de um trader – Mas, de nada vai adiantar se você não for um bom gestor de suas emoções.

Veja estudos relacionado;

Macd Rastreador de Tendência

Médias Móveis Parte I

Espero que você tenha gostado, tenha entendido e se ficou alguma dúvida faça um comentário. Se não ficou dúvidas e você gostou comente nem se for com um muito obrigado. Agindo assim eu vou ficar mais entusiasmado e vou continuar a estudar para te ajudar ainda mais. COMPARTILHE, em suas redes sociais.

Sobre Dr. Carreira

“Dr. Carreira é Mentor/Coach individual de traders e pessoas “comuns”.

Ajuda cada um a superar suas barreiras. Seu maior objetivo é amar a humanidade e ajudar milhares pessoas.

Caso você tenha uma dificuldade em ultrapassar alguma barreira, a hora é agora, conte comigo”!

 Objetivo do Site

O objetivo dessa análise/artigo é te mostrar apenas sinais gráficos EDUCACIONAIS.

Ao mesmo tempo te encorajar a estudar sempre para ser um trader de sucesso.

Se você está gostando do que vem recebendo, COMPARTILHE em suas redes sociais.

Dr. Carreira – Coach

03/02/2017

Deixa seu email para receber dicas e estudos falando sobre "O mercado e as Sacadas De Um Estrategista Milionário da Bolsa"

Mentoria Gráfica & Coaching Emocional Para Traders -      Opere individualmente c/ Dr. Carreira e ao vivo!         Entre em contato - WhatsApp 19-99424-3278

15 Comments

  1. Fabonacci trader

    Dr parabens que trabalho minucioso sobre as ferramentas que remos no mercado neste caso o indicador IRF parabens esta sendo de grande valia obrigado .esta explicado pra que serve e como funciona e tudo mais .

  2. erisvaldo dos santos

    dr carreira, eu quero muito entender desse mercado de açoes , qual o melhor caminho que devo seguir , qual o melhor material a ser estudado? obrtigado

    • Erisvaldo nós temos vários tipos de curso; básico, avançado, método do Dr. Carreira, Estratégia Matadora. Um curso puxa o outro se fizer só o básico não vai resolver, fazer somente o avançado vai ficar faltando o básico e por ai vai. O ideal se o senhor puder seria fazer o curso completo são 15 apostilas me add no skype que te dou todos os detalhes e tiro suas duvidas. Pode começar comprando os e-books para conhecer nosso trabalho.
      estou no skype como drcarreirabull

  3. erisvaldo dos santos

    dr carreira , esse ebook vai me ensinar até que ponto sobre açoes , porque eu nao conheço quase nada desse mercado? obrigado

  4. Marcelo Francisco Rosa

    Dr.Carreira, mas um excelente artigo que o senhor nos dá a oportunidade para crescermos em conhecimento e nos preparar cada dia melhor.

    • Fala men se depender de mim vai melhorar bastantes os conteúdos. Esse anos quero fazer um para cada indicador, mas tudo perto de 2.000 palavras.

  5. Wakitrader

    Otima explicacao dr . Continue fazendo esse otimo trabalho maravilhoso . Que deus o abencoe ricamente por se preocupar com nos novatos. Por dedicar seu tempo a ajudar os leigos .

  6. Marcelo

    Dr Carreira, muito bacana essa visão sobre o uso do IFR, prática e objetiva. Como sempre as divergências nunca podem ser negligenciadas. Obrigado!

Deixar uma resposta