VEJA QUAL A LIÇÃO QUE O MERCADO ESTÁ NOS DANDO AGORA!

Análise de fechamento de 05/10/2016

A lição. O mercado está sempre nos alertando de algo e, vejo isto, como “uma lição”, ela esta ai para todos. Ela é gratuita, basta você ser observador e estar disposto a aprender com o senhor mercado! Veja também nesse artigo/análise, a história de uma senhor casado que perdeu tudo, tudo mesmo; toda grana, família e emprego, mas…veja como ele se recuperou totalmente! clique aqui. http://wp.me/P73x8l-2FE

Clique para ampliar

Lição VEJA QUAL A LIÇÃO QUE O MERCADO ESTÁ NOS DANDO AGORA!

Ibovespa e a lição

Várias vezes eu comentei e errei algumas vezes. Nós tínhamos uma divergência entre indicadores. Obv e A/D que apontavam para o rompimento da máxima do ano (citado várias vezes). O macd que tanto gosto, divergia dos preços e dos indicadores de acumulação de capital. Resultado! prevaleceu os indicadores de acumulação de capital (quem manda são os “tubas”). Veja na SACADA DO ESTRATEGISTA o que fazer nessa situação!

Dólar

Nesse ativo é para seguir a mesma história do Ibovespa, mas no sentido inverso (para baixo). O Obv do Dólar já perdeu a região de 3.217,00. Lembrando, em tendência forte seja de baixa ou de alta, os sinais contrário não vale nada! O sinal mais forte é o Obv e A/D indicar a perda do fundo em 3.191,18!

Dow Jones

No médio e longo prazo, ele está totalmente altista. Somente no diário é que ele está abaixo de uma linha de tendência de baixa e, dentro de um triângulo. O vértice dessa figura, pode ter chegado ao fim e uma explosão está prestes acontecer.

SACADA DO ESTRATEGISTA

Mais dicas do mercado

Bom, como prometi, vamos ver o que fazer quando existe sinais de acumulação que divergem dos indicadores de tendência. Esse sinal tem que aparecer em ambos os indicadores (Obv e A/D). Tendo isto em mãos você deve dar preferência à direção deles (no nosso caso, Ibov altista), sempre quje não menciolnar nenhum ativo, estarei me referindo ao mercado. Quanto ao macd, você deve desprezar suas divergências e, favorecer apenas os cruzamentos a favor da acumulação. Dai eu ter mencionado que errei na análise, mas não errei nas minhas compras “POIS SOU SEGUIDOR DE TENDÊNCIA, MOVIMENTO E VIÉS! Eu entendo que tem diferença entre os três e, poucos sabem disso, viés e movimento são diferentes de tendência. Você deve operar sempre a favor da acumulação de capital. Agindo assim você vai estar no encalço dos tubarões (dinheiro esperto). Se gostou dessa dica deixa seu comentário, ele é muito importante para todos nós!

Finalidade do site

O objetivo dessa análise/artigo é te mostrar apenas sinais gráficos EDUCACIONAIS. Ao mesmo tempo te encorajar a estudar sempre para ser um trader de sucesso. Se você está gostando do que vem recebendo, COMPARTILHE em suas redes sociais.

Também te convido a baixar meu e-book gratuito (com 125 paginas) de pura emoção. Nele eu mostro o motivo que errei tanto no mercado. “Emoções de um Trader”. Caso você ainda não baixou o e-book contando a história de Tom clique AQUI http://wp.me/P73x8l-2FE

Dr. Carreira (COACH)

06/10/2016

Deixa seu email para receber dicas e estudos falando sobre "O mercado e as Sacadas De Um Estrategista Milionário da Bolsa"

Mentoria & Coaching Emocional Para Traders - Gratuito!!! - Entre em contato - WhatsApp 19-99424-3278

6 Comments

  1. Marcelo Francisco Rosa

    Dr.Carreira, o senhor poderia me fazer uma breve análise dos papéis da (MGLU3), pois no começo do ano o valor chegou a 7,80, e hj já atingiu a marca dos 81,00 onde o valor desses papéis vão parar hem?

    • Claro Marcelo com todo prazer entre hoje ou amanhã o senhor terá sua análises e, o mais importante logo vai estar fazendo sozinho srsrs

  2. Marcelo Francisco Rosa

    Dr.Carreira no caso do dólar, se ele chegar no curto prazo nessa região ao qual o senhor mencionou de 3.191,18 qual seria a próxima região de suporte?

  3. Fabonacci trader

    Concordo com o Dr , e para ficar perfeito precisaria que Dji e sspfut rompesse suas ltbs que a partir do topo tem se formado , apesar de serem indices diferentes .

Deixar uma resposta