Dicas e Detalhes Não Revelados Sobre o Indicador Volume Se Eu Fosse Você Não Deixava de Ler!

O Indicador de Volume Que Mostra o Caminho Das Pedras

Olá Traaaaders, seja bem vindo a mais um estudo e hoje vamos ver detalhes de um dos mais interessantes indicadores. Esse indica volume e, é muito usado no mercado por traders até mesmo investidores.

Eu digo que onde tem volume tem força, o trader/investidor inteligente deve procurar comprar força e vender fraqueza. Nesse artigo mostrarei para que serve esse indicador.

Como mencionei acima eu gosto de comprar força e vender fraqueza. Para você entender melhor, vamos supor que vamos apostar numa corrida de cavalos.

Antes dessa aposta, no mínimo temos que conhecer os componentes que vão participar dessa corrida certo?

Com certeza você e eu vamos ficar de olho num cavalo “sarado”, forte, saudável e com um histórico de vitórias que nos chama a atenção.

Você jamais apostaria sua grana, seu dinheirinho suado em um cavalo fraco, desconhecido e com aparência duvidosa, pode até ser um “azarão”. Se bem que azarão pode virar campeão.

No mercado de renda variáveis é a mesma coisa. Um ativo que não chama atenção pelos seus fundamentos ou padrões gráficos, geralmente seu volume está abaixo da média de vinte.

Você precisa entender que onde tem volume, o dinheiro “esperto” está presente e, é na direção e juntos com os tubas que queremos operar. Você concorda?

Podemos ter um forte movimento, porém não amparado por volume, nessa situação dizemos que esse movimento não tem sustentação.

Quando comecei a operar em 2004, 2005 e 2006, minhas emoções negativas e não produtivas não me deixava ver nada. Muito menos indicadores de volume.

Se você nunca reparou nesse indicador, eu aconselho a prestar mais atenção nele. A sua origem é sempre quando surge um negócio, a acumulação de muitas transações é que faz esse indicador crescer e avolumar-se.

Detalhes do Indicador de Volume

Como já citei acima esse indicador é usado amplamente por todos analistas técnicos, grafistas e investidores e, você não deve ficar de fora.

Sem ele, você pode ficar sem saber por onde anda o dinheiro “esperto”. Eu acredito, que é esse seu objetivo, assim sendo continue lendo.

O volume, pode ser divido em três tipos;

1-Ações

2-Financeiros e

3-Negócios

Assim que é fechado uma compra e uma venda, a origem desse indicador surge e, ele pode crescer ou não.

Vamos dizer que você comprou 2.000 ações de Vale5 (minha Vedete) a R$28,00 num total de R$56.000,00. Nessa operação, duas pessoas estavam vendendo, a primeira vendia 1000 ações por R$28,00 e a segunda também 1.000 a R$28.00.

Vamos detalhar essa operação;

Volume de Ação – foram negociadas 2.000 ações, eu comprei 1.000 de cada um. Ao final do pregão, soma-se o total de cada operação para obter o volume de ações negociadas naquele dia entendeu?

Volume Financeiro – é o valor em reais da operação R$56.000,00 – O volume financeiro de um ativo ao final do pregão é o valor total em reais negociado durante aquele dia.

Volume de negócios – na operação que fizemos da Vale5 de 2000 ações a R$28,00 pode ocorrer a execução total da ordem em um único negócio ou executada em duas ou mais partes.

Na nossa operação, 1.000 ação comprada do investidor “A” a R$28,00 e mais 1.000 ações comprada do investidor “B” a R$28.00. O somatório de negócios é o total do dia. Nessa operação foram feito dois negócios.

O mais interessante é o financeiro e de ações. Sabe por quê? Porque, quanto mais grana e ações negociadas é um sinal de interesse no ativo.

Mais abaixo vamos ver a representação gráfica desse indicador e como utilizá-lo a nosso favor. Lembrando que uma tendência ou movimento sem volume – fica sem atração.

E, a atração é que chama nossa atenção!

Volume Plotado no Gráfico

O gráfico é normal, basta plotar os preços na parte de cima e, no rodapé o indicador que vem em formato de barras verticais. Eu costumo colocar uma média de vinte períodos.

Essa média móvel, tem uma finalidade de alertar-nos para quando uma forte barra superá-la.

Bem acima dela indica força, quanto maior o volume, maior é a barra e podemos confiar no momento. Lembrando que, quanto menor o volume menor será a barra também.

Em tendência de alta, você vai ver que o indicador aumenta nas puxadas para cima e decresce nas correções. Esse sinal fica perfeito para definir quanto é forte um ziguezague para cima.

Numa tendência de baixa o oposto é válido. Nas quedas o indicador aumenta e nos repique diminuem.

Cada período (temporal) é representado por uma barra. Essa barra pode ser de ações, financeiro ou de negócios.

Entenda por temporal, 1, 5, 15, 60 minutos, diário, semanal, mensal ou mesmo anual.

Análise Gráfica ou Técnica e a Importância Desse Indicador

Como já mencionei, esse indicador é o “gaz” que impulsiona os preços para baixo ou para cima. Ele pode levar a massa à loucura e falta de lucidez.

É nesse momento que os incautos, são apedrejado, ultrajados e pisoteados num topo ou num fundo. Isto, porque não observam que final de tendência, seja ela de alta ou de baixa, não tem volume.

Esse indicador confirma a tendência do preço.

Veja um exemplo dele indicando alta

Volume-2 Dicas e Detalhes Não Revelados Sobre o Indicador Volume Se Eu Fosse Você Não Deixava de Ler!

Quando a tendência e forte e clara, os preços sobem juntamente com com o indicador e nas correções o volume cai  acompanhando os preços.

Outra situação que você deve ficar atento a esse indicador, é em rompimento de suporte e resistência. Na penetração dessa regiões com a presença do aumento das suas barras e acima ou bem acima da média de vinte, é um sinal bem interessante.

E agora, veja ele na baixa

Volume Dicas e Detalhes Não Revelados Sobre o Indicador Volume Se Eu Fosse Você Não Deixava de Ler!

Numa tendência ou movimento de baixa, a situação é a mesma, pois na queda veremos um aumento do indicador e nos respiros uma diminuição.

Contudo, você precisa entender que, mesmo com esses sinais, não existe uma fórmula mágica que assegure nosso lucro.

O que existe é muita luta, muita garra, disposição de errar e recomeçar novamente e estar disposto a pagar o preço pelo sucesso desejado.

É preciso ter muita clareza do nosso estado atual e nosso estado que queremos alcançar. Porém utilizar as ferramentas certa para o seu perfil pode sim te levar a ter consistência em suas operações e investimentos.

Aprender a combinar os indicadores que você gosta e escolheu, pode fazer a diferença em suas operações. Eu aconselho você dar uma olhada na sala de estudos do “Estrategista”. Lá você vai encontrar estudos de vários indicadores e padrões.

Dicas Interessante do Dr. Carreira

Você já deve ter ouvido falar sobre rompimentos da máxima da primeira hora certo? E sabe também que nesse rompimento pode ter uma boa alta.

Qual a diferença de poder e força do rompimento que citei acima, com o rompimento da barra diária anterior?

Se existe um poder de força compradora ao romper a máxima da barra horária, quando rompe uma barra diária anterior esse poder é muito maior – você concorda?

E o romper da máxima semanal da barra anterior? Qual é o seu poder em relação ao diário e intraday horário? Exatamente é muito maior!

Agora me responda, e quando a barra atual mensal rompe a máxima do mês anterior? É muito maior e não dá nem para comparar com o intraday horário, com o diário e semanal certo?

Vou deixar aqui outra pergunta, mas está não vou responder fica para você estudar e exercitar o seu cérebro. Quando a barra atual do anual rompe a máxima do ano anterior, qual é o seu poder em relação aos demais temporais? E, o que você faria?

As colocações que fiz acima foram para rompimento de máximas. Para rompimento de mínimas seria o oposto correto?

Se em todos esses rompimentos aparecessem o acréscimo de volume você deve entender que, o poderio é muito maior e que, associado a outros sinais poderemos aumentar nossa posição entendeu?

Volume Financeiro

Eu o utilizo para encontrar suportes e resistências e detectar quintas ondas (nessas ondas ele é bem menor) sabe por quê? É nela que os incautos e empolgados entram. Enquanto a maioria dos profissionais de médio e longo prazo já realizaram seus lucros na quarta onda.

O volume é um dado de muita importância para qualquer grafista e analista. Ele está presente no cálculo e composição de vários indicadores.

Eu diria que um movimento não é importante se não tiver acréscimo desse indicador.

O volume precisa confirmar o rompimento, o movimento e a tendência. Esse princípio sempre esteve presente em um dos princípios da teoria de Charles Dow.

E como usar esse indicador para determinar suportes e resistência?

Antes temos que saber o que são essas áreas;

Suportes – São regiões onde existe a chance ou probabilidade de ocorrer uma revolta daqueles que estão apanhando. É uma região em que a batalha se torna intensa. Sabe por quê? Ambos querem o poder!

É uma região onde um transatlântico começa a virar para tomar uma nova direção deixando as água revoltas. Nesse momento os preços tem dificuldades de continuar a fazer novas mínimas.

Geralmente nessas áreas se formam congestões (o mercado fica lateral). É onde o poder troca de mãos – mas, deixam sinais.

Exemplo de suportes; linhas de tendências de altas, linhas horizontais, fundos, áreas de gaps,..

Resistências – São pontos, áreas em que podemos observar um cansaço do poder atual. E, quando você cansa, você da brecha para o seu inimigo entrar.

O cansaço faz você baixar a guarda, seu inimigo estava aguardando esse momento e carcou o “cacete” em você fazendo-o cair.

Após o primeiro tombo você não consegue levantar e com os preços é a mesma coisa, depois da primeira paulada é muito difícil fazer um novo topo – a tendência ou movimento estão mortos.

Linhas horizontais, Linhas de tendências de baixa, topos, áreas de gaps, máximas de barras…,são exemplos de resistências.

Resumindo Você tem

Nas regiões de suportes e resistências precisamos ficar atento às barras desse indicador. Nesse momento eu olho e associo suas barras com o meu querido OBV junto com o A/D (Acumulação e Distribuição.

Esses indicadores trazem divergência que é igual a cansaço.

Eu quero deixar bem claro e registrado que, no mercado que operamos a probabilidade reina. Temos que colocá-la do nosso lado.

E, é ela que nos mostra a chance do ativo ou mercado reverter em regiões de suportes e resistências. Você precisa entender a necessidade de confiar em seus indicadores.

Principalmente na sua metodologia e estratégias, associe o que você usa para operar com essas regiões, o seu bolso com certeza vai agradecer.

Veja o quanto nós falamos sobre um indicador. Os que nós usamos, precisamos conhecê-los profundamente. Eu falo com os preços e com os indicadores.

Já falaram que eu devo ser louco, onde já se viu falar com preços e uma simples linha! Tem hora que parece loucura mesmo. Porém ouvir o “sino tocar” é isto!

Se você não aprender essa linguagem, nunca terá o prazer de degustar o gosto de sentir o som desse sino passando pelos seus ouvidos e comendo com olhos. Parece louco mesmo né?!

Espero que você tenha gostado, aproveitado e aprendido algo lendo esse artigo, bom se você chegou até aqui é porque gostou. Se gostou repasse para seu amigos e redes sociais.

Lembrando que já estamos na quarta parte do desafio de um trader. Se você ainda não se cadastrou faça isto agora e aproveite para conhecer minha história.

Também tem o sininho vermelho abaixo no rodapé do site. Ele pode de te ajudar a receber em primeira mão todas novidades postada no site.

Que Deus te abençoe ricamente, que Ele abra a sua mente, seus olhos e seus ouvidos, para que você ache aquilo que está procurando. Amém!

Sobre Dr. Carreira

“Dr. Carreira é Mentor/Coach individual de traders e pessoas “comuns”.

Ajuda cada um a superar suas barreiras. Seu maior objetivo é amar a humanidade e ajudar milhares pessoas.

Caso você tenha uma dificuldade em ultrapassar alguma barreira, a hora é agora, conte comigo”!

Objetivo do Site

O objetivo dessa análise/artigo é te mostrar apenas sinais gráficos EDUCACIONAIS.

Ao mesmo tempo te encorajar a estudar sempre para ser um trader de sucesso.

Se você está gostando do que vem recebendo, COMPARTILHE em suas redes sociais.

Dr. Carreira – Coach

Deixa seu email para receber dicas e estudos falando sobre "O mercado e as Sacadas De Um Estrategista Milionário da Bolsa"

Mentoria Gráfica & Coaching Emocional Para Traders -      Opere individualmente c/ Dr. Carreira e ao vivo!         Entre em contato - WhatsApp 19-99424-3278

8 Comments

  1. wakitrader

    Ola DR bom dia , ótimo estudo muito obrigado pelas lições ,dicas e todas de graça só não aprende nada quem não quer .continue firme nessa cruzada de ajudar o próximo ,nosso pai estará te abençoando a todo momento .

  2. fabonaccitrader

    muito bom estudo do volume DR , o volume deve confirmar o rompimento. para que seja diferente e para que fique de fora da maxima de que 90% dos rompimentos vão falhar .PARABENS

  3. Marcelo Francisco Rosa

    Parabéns mestre Carreira por mais um excelente artigo, porém tbm fiquei com a msm dúvida do amigo Marcelo, como é calculado o volume do índice e dólar? Seria no msm formato das ações? Ou teria um formato de cálculo diferente devido terem maior volatilidade?

  4. Marcelo

    Olá mestre! Outro show de aula. Como o volume financeiro é calculado no caso dos contratos / mini contratos de índices e dolar? Obrigado.

Deixar uma resposta